Adam Fenix

Adam Fenix

COALIZãO DOS GOVERNOS ORDENADOS


Adam Fenix é o pai de Marcus Fenix. Ele também é um Major aposentado e um cientista militar da CGO; que trabalhou pela vitória nas Guerras do Pêndulo com a invenção do Martelo da Aurora. Ele teve apenas um filho com sua esposa, Elain, que desapareceu quando Marcus tinha 13 anos de idade. Ele manteve um relacionamento frio e formal com seu filho, até que Adam ficou preso nos destroços de um ataque dos Locusts em 10 D.E., e Marcus acabou preso por insubordinação militar por ter abandonado seu posto para resgatar seu pai. Marcus acreditou por sete anos que seu pai estivesse morto, mas ele estava vivo, escondido em Azura pelo Presidente Richard Prescott.

Porém, muito antes de sua suposta morte, Adam passou anos tentando lidar com o fato de não ter conseguido impedir o ataque dos Locusts a Sera. Antes do Dia da Emergência, a Rainha Myrrah havia pedido a Adam que ajudasse os Locusts a exterminar os Lambents, que estavam expulsando os Locusts de seus lares no subterrâneos. Adam fracassou, e não restou alternativa aos Locusts a não ser dominar a superfície de Sera e matar seus habitantes humanos. Dezessete anos depois, em Azura, Adam finalmente criou a Arma de Contramedida à Emulsão, que atingia as célulasLambents infectadas por Emulsão. A arma destruiu os Lambents e os Locust, mas também matou Adam no processo. Marcus ficou arrasado.